Como montar uma loja virtual
Diego Tillmann

Como montar uma loja virtual

1599 visualizações

Primeiramente é importante distinguir que uma loja virtual (e-commerce) também é um website. Mas nem todo website é uma loja virtual. Basicamente as funcionalidades mais visíveis que são distintas em uma loja virtual são:

  1. O cadastro de usuário;
  2. A compra propriamente dita com processamento de pagamento;
  3. Um painel com dados, pedidos e canais de atendimento e suporte.

Mas existe uma infinidade de outras funcionalidades, que comumente não estão presente em maiorias dos websites.

Vale ressaltar a comparação de alguns tipos de sites atuais em: Landing Page, Site e E-commerce: qual a melhor opção para o meu negócio?. Bem como orientação de Quanto custa criar um site profissional?

Se aplicam em partes para se pensar ao abrir uma Loja Virtual.

Recursos inicias online para sua loja Virtual

Você vai precisar do registro do domínio de sua loja virtual. A infraestrutura de hospedagem é necessária para disponibilizar o site, segurar os acessos e prover as contas de e-mail. E o desenvolvimento da loja propriamente dita.

Você pode ver estes itens com mais detalhes em Quanto custa criar um site profissional?

Mas aqui, partimos para análise de desenvolvimento sob encomenda ou utilização de uma plataforma específica para e-commerce.

Plataformas de E-commerce para sua Loja Virtual

Você pode optar por desenvolver uma loja virtual sob demanda, de acordo com suas regras de negócio e todas as suas especificidades. Atuamos muito nessa área e podemos afirmar que o investimento aqui é mais alto, bem como o tempo de desenvolvimento.

Um grande ponto negativo é a competitividade com Plataformas disponíveis no mercado atualmente, que já disponibilizam uma infinidade de recursos e tem preços extremamente competitivos.

Vale frisar que nesse ponto é possível distinguir entre Plataformas de Serviço e Plataformas Opensource para sua loja virtual.

  • Plataformas de Serviço
    Trata-se de uma plataforma SaaS (Software as a Service), software como serviço. Um produto online na nuvem, com recursos e funcionalidades específicas. Nesse caso, prontas para sua Loja Virtual. Como cadastro de produtos, variantes, opções. Cadastro de clientes. Processamento de pagamentos através de gateways de pagamentos diversos. Sistema de avaliação e comentários. Integrações com sistemas de entrega para cálculo de frete. Integrações com serviços diversos como E-mail Marketing, ERP Online, Marketplace entre outros. Disponibilidade de API pública para desenvolvimento de integrações diversas.

    Algumas das mais conhecidas: Tray Commerce, Loja Integrada, Shopfy, Nuvemshop, Wix, Vtex entre outros.
     
  • Plataformas Opensource
    Trata-se de um software completo disponível gratuitamente para uso, livre de direitos autorais e com código fonte aberto. Necessita de conhecimento específico técnico para implantação. Permite uma customização ampla e praticamente sem limites em sua loja virtual, podendo aplicar regras específicas diversas no processo de apresentação, compra e processamento. Tem uma grande vantagem de ser aberto a uma comunidade online, que atua melhorando a ferramenta constantemente, tornando-a mais funcional, segura e rápida. A sua grande vantagem também pode ser sua grande desvantagem, por ser aberta, é necessário estar sempre atento. Não é raro brechas e/ou falhas de segurança em códigos opensource, isso acaba gerando a necessidade de estar sempre com tudo atualizado.

    Alguns dos mais conhecidos: Magento Commerce, Woo Commerce entre outros.

Principais conceitos para avaliar ao abrir uma Loja Virtual

Muitos clientes chegam até nós, com o conceito de uma loja virtual sendo meramente um “site simples que vai vender os produtos”. Essa visão acaba sendo real, mas muito superficial. É importante conhecer todos processos que envolvem a Loja Virtual, para que você tenha compreensão da complexidade e consiga ter maior domínio sobre todas as situações.

Destacam-se:

  • Usabilidade: Começando no conceito visual gráfico, na criação do layout da loja. Buscando tornar todos os passos rápidos, fluídos, intuitivos e dinâmicos. Ressaltando a preocupação com a parte técnica que irá resultar isso no navegador.
     
  • Velocidade: Toda programação que roda por trás do que é visto tem que ser organizada, atual, de alto desempenho e segurança para entregar respostas ágeis e precisas quando um usuário quiser chegar em algum destino.
     
  • Segurança: Certificado digital SSL é indispensável, desde resultados em buscas no Google até controle absoluto com criptografia de alto nível no acesso https, mantendo a integridade das informações trocadas entre o servidor e o cliente.
     
  • Recursos: Tais como formas de pagamento, integrações com operações de entrega, marketplaces, erp, entre outras ferramentas, podem ser de grande peso para definição de qual plataforma será utilizada.
     
  • Atendimento: A atenção ao atendimento online é uma peça chave para uma Loja Virtual. Estar em canais diversos e enviar respostas rápidas, irá fortalecer sua reputação e crescimento ao longo do tempo.
     
  • Reputação: Uma peça fundamental para longevidade do seu negócio online em uma Loja Virtual. Obter certificações como “Selo Ebit”, “Selo Reclame Aqui”, “Selo de Site Seguro” são primordiais para que as vendas aconteçam.
     
  • Marketing Digital: Deve ser pensado em conjunto do marketing tradicional. Entre tanto, o digital acaba sendo mais preciso, direto e dinâmico. Ações em otimização do website, publicidade paga e atuação com conteúdo e redes sociais irá lhe trazer maior retorno sobre o investimento.

Ciente deste conteúdo acima, vai ficar mais fácil você compreender mais o universo que abrange uma Loja Virtual. Existe muito mais para ser dito e detalhado, mas isso fica para um próximo post. Mas você pode aproveitar e ver mais algumas dicas em E-commerce – Por onde começar?

Você gostou? Esclarecemos suas dúvidas?

Caso algo não tenha ficado claro, entre em contato para que eu possa lhe ajudar.


Postado por
Sou CEO da ZeroArts. E atuo como Publicitário / Designer Gráfico com especialidade em fusões. Também trabalho como Webmaster com destaque em Front-End Developer.
Postado - Modificado

Postagens relacionadas

Dropshipping AliExpress, na Tray

A Tray inaugurou hoje (16) a versão beta de Dropshipping da AliExpress. Ainda em fase de testes, e como disse a própria Tray, com possibilidade de apresentar falhas ou instabilidade nesse primeiro momento. O lançamento é um passo importante para a plataforma, e claro, uma oportunidade de negócios para os usuários....

Leia mais

Automação WhatsApp para E-commerce: muito além do atendimento!

O WhatsApp virou regra para comunicação com o cliente, e com o aplicativo integrado ao E-commerce, fica muito mais fácil atender, vender e realizar o pós-venda. ...

Leia mais

Lançamento da integração automatizada entre Melhor-Envio e Tray-Commerce para opções de frete

Depois de um longo período e uma fase beta de testes, está oficialmente disponível no painel da plataforma Tray Commerce, no menu de aplicativos, a integração direta com o Melhor Envio....

Leia mais

Quanto custa criar um site profissional?

Em geral não existe uma tabela de preços para criação e desenvolvimento de site. É muito importante você entender que tipo de site você quer, para poder avaliar seu valor de investimento....

Leia mais